C0D1X - tecnologia da inovação

Senha
Busca


Notícias

Net quer levar vídeo on demand para iPad e iPhone

10/08/2010 15:35 0 comentários

A convergência de mídias anunciada já há alguns anos no setor de telecomunicações não atinge apenas banda larga e telefonia. Os conteúdos televisivos integram este movimento e, cada vez mais, o acesso aos programas e aos filmes - via sinal digital ou on demand - será mais popular pelos diversos aparelhos disponíveis no mercado e suas plataformas. De olho nesta tendência, a Net revelou, nesta terça-feira (10/08), um protótipo de uma aplicação que rodará, inicialmente, no iOS da Apple e proverá conteúdo e interação onde quer que o usuário esteja.

Ainda sem nome e sem previsão de chegada ao mercado, a ideia é que o aplicativo se comunique com o set-top-box  da companhia e faça com que o aparelho funcione como um controle remoto ou mesmo um ponto de acesso à programação. "Queremos levar a TV para novas dimensões", projeta Márcio Carvalho, diretor de produtos e serviços da operadora. "O assinante usará o iPad [com tecnologia desenvolvida em parceria] com a Cisco para acesso à grade de programação, escolher o que e quando assistir e trocar o canal da TV."

Além disso, o aplicativo trará funções que remetem às redes sociais. Durante a demonstração do produto, os executivos da companhia apresentaram uma funcionalidade que permitirá envio de convite para que os amigos assistam ao mesmo programa que você escolheu. Para prover isso, a tendência é que todo o conteúdo da Net seja gravado em uma nuvem, acessada a cada vez que o assinante buscar por um conteúdo on demand, podendo ser um filme ou um programa que ele não conseguiu assistir. "A ideia é gravar o conteúdo na Net para que o cliente não se preocupe com a gravação", frisa Carvalho

O aplicativo, entretanto, ainda está em desenvolvimento e a escolha do iOS é claramente pelo lançamento do iPad, que, com tela maior, provê uma experiência mais interessante ao usuário. A Net ainda não sabe quando lançará o produto no mercado, mas Carvalho diz trabalhar com 12 meses como prazo razoável. O modelo de negócio também ainda não está definido, mas, provavelmente, será cobrado como serviço, por conteúdo acessado ou requisitado. "Ainda não sabemos quando estará pronto, mas investimos muito em parceria tecnológica, neste caso com a Cisco."

Carvalho e o presidente da operadora, José Antônio Felix, disseram ainda que a tendência é distribuir o conteúdo tanto pela rede da operadora quanto pela web. O trabalho com múltiplas plataformas é outro desejo manifestado pela empresa. "Mas ainda tem a questões de direito e proteção de conteúdo que estão em discussão. Precisamos também criar um modelo de negócio bem-estruturado remunerando toda a cadeia", lembra Carvalho.

Leia a íntegra no site original: clique aqui.

Voltar

Comentários

*
*
Pergunta de segurança *
 Qual é a soma de 3 e 3?
Comentário *




Compartilhe no facebook




Notícias recentes deste tópico:

2017

Não existem arquivos para este mês.


Suporte técnico: suporte [at] codix.com.br

CODIX Tecnlogia Ltda
CNPJ: 06.991.792/0001-90
IE: 148.648.039.113

Ed. Diamond Tower - R. Maestro Cardim, 1191
CJ 63 - 01323-001 - Bela Vista
São Paulo - SP - Brasil

2009 C0D1X - tecnologia da inovação
Alguns direitos reservados







      Creative Commons License